Desemprego em Sergipe sobe para 15,5% no 1º trimestre de 2020

A taxa de desemprego em Sergipe atingiu 15,5% no 1º trimestre deste ano, com um aumento de 0,7 ponto percentual com relação ao trimestre anterior (14,8%).  É o que mostra levantamento feito pelo Observatório de Sergipe.
Dados mostram que o resultado ficou acima do registrado pelo Brasil (12,2%) e abaixo do Nordeste (15,6%).  Já na comparação ao mesmo trimestre do ano passado, quando a taxa também era 15,5%, não houve variação.
Atividades com maiores perdas
De acordo com dados do Observatório de Sergipe dos dez grupos de atividades econômicas pesquisados, os que tiveram redução de população ocupada em comparação ao trimestre anterior foram:
Administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (-11 mil)
Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas (-11 mil)
Construção (-11 mil)
Serviço doméstico (-7 mil)
Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (-7 mil)
Empregos
A população empregada diminuiu de 948 mil para 906 mil entre o 4º trimestre e o 1º trimestre de 2020, correspondendo a uma queda de 4,4%. Com relação ao 1º trimestre do ano anterior, houve um acréscimo de 1,8%.
Aracaju
A taxa de desemprego na capital sergipana subiu de 14,3% para 14,8% entre o 4º trimestre de 2019 e o 1º trimestre de 2020, representando um aumento de 0,5. Na comparação anual (13,4%), houve acréscimo de 1,4 p.p.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *