Katarina Feitoza deixa a Delegacia-Geral para concorrer nas eleições 2020

A delegada Katarina Feitoza pediu na manhã desta quinta-feira, 4, ao secretário da Segurança Pública, João Eloy, a desincompatibilização do seu cargo como delegada-geral da Polícia Civil de Sergipe, posto que ocupa pela segunda vez desde abril de 2017.

A pedido de amigos e diversas lideranças políticas, Katarina Feitoza se afasta e coloca o seu nome à disposição para a disputa eleitoral que se avizinha em 2020. Ela é filiada ao PSD e pode ter seu nome lançado como pré-candidata a vice do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT).

O secretário João Eloy anunciou no final da manhã, o delegado Thiago Leandro, atual coordenador do Departamento de Crimes contra o Patrimônio (Depatri), como o novo delegado-geral da Polícia Civil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *