Porto da Folha alcança marco positivo de um ano sem registro de homicídios

O município de Porto da Folha completou um ano sem o registro de homicídios, conforme apontam dados levantados pela Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEACrim), da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). O último crime desse tipo registrado no município aconteceu em 22 de março de 2023. O resultado positivo é fruto do trabalho integrado entre a Delegacia de Porto da Folha, a 2ª Companhia do 4ª Batalhão da Polícia Militar (2ª Cia / 4º BPM) e o Batalhão de Polícia de Caatinga (BPCaatinga).

Ainda conforme o levantamento feito pela CEACrim, em recorte entre 2022 e 2023 – quando ocorreu o último homicídio no município -, houve uma queda de 80% na incidência desse tipo de crime. Conforme os dados, em 2022 foram dez vítimas de homicídios, ao passo que, em 2023, foram duas mortes.

O delegado Felipe Barbosa destacou que o resultado positivo é fruto da cooperação entre as polícias Civil e Militar no município. “Tanto das polícias, quanto também pela atuação do Poder Judiciário e do Ministério Público. A preservação da vida tem sido nosso objetivo no município de Porto da Folha para que todos os cidadãos possam viver com segurança. Continuaremos com esse trabalho integrado”, enfatizou.

Para o major Maykel Luduvice, comandante da 2ª Cia / 4º BPM, o resultado é fruto da atuação diária. “Posso afirmar que é um trabalho em conjunto da Polícia Militar com a Polícia Civil, onde o nosso maior foco é estabelecer não somente a sensação de segurança, mas também desenvolver a confiabilidade da comunidade perante o serviço da segurança pública”, ressaltou.

O major reforçou que a atuação conjunta entre as polícias tem o objetivo de preservar a vida. “É uma honra poder declarar que Porto da Folha está completando um ano sem registro de nenhum homicídio consumado. Parabéns à Polícia Militar e à Polícia Civil pelo belíssimo trabalho, que é árduo, mas gratificante”, complementou o comandante da 2ª Cia / 4º BPM, responsável pelo policiamento militar do município.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *